GLOSSÁRIO

GLOSSÁRIO DE TERMOS DE ARTE 

A

Ábaculo
- Pequeno cubo de tijolo, de pedra ou vidro, de cores diferentes, usado na composição de mosaicos.
Abóbada - Estrutura auto-suportante que cobre uma construção, e que é feita normalmente de pedra, tijolo ou cimento. Também se diz de um aposento que tem uma cobertura arqueada. As abóbadas são criadas pela translação de um arco e podem ter diversos traçados, recebendo designações segundo o seu perfil, faces e elementos que a constituem.
Abstracionismo - Arte que não imita ou representa diretamente a realidade, tendo como base a convicção de que a forma tem seu valor intrínseco.
Abstrato - Designação aplicada à obra plástica marcada por valores estéticos independentes da representação de seres ou objetos.
Aeropintura - Técnica de pintura que se baseia na aplicação das cores projetando sobre as superfícies a serem pintadas através de um jacto de ar comprimido.
Aglutinante - Substância empregue na pintura para dar coesão aos pigmentos. Utilizam-se para este efeito substâncias tais como cera, colas, etc.
Aquarela - Técnica de pintura que emprega corantes dissolvidos na água, transparentes, cuja luminosidade é dada pelo branco da superfície do suporte, habitualmente papel, mas também cartão ou madeira.
Anamórfica - Imagem ou figura que é representada distorcida para que, ao ser contemplada desde determinado ângulo ou ponto de vista, resulte correta nas suas proporções. Corrige assim os inevitáveis achatamentos das pinturas situadas a grande altura numa parede ou as deformações realizadas em superfícies curvas, como abóbadas.
Arte Bárbara - A dos povos invasores do império romano. Ao misturar a ornamentação curvilínea, característica dos nômades das estepes desde a Idade do Bronze, com elementos animalistas mesopotâmicos e a decoração geométrica e floral da arte greco-romana, os povos germânicos que se instalam no Ocidente devolvem uma arte figurativa estilizada, centrada em motivos animais.
Arte Deco - Estilo decorativo, assim denominado após a Exposition Internationale des Arts Décoratifs, realizada em Paris em 1925, mas que, na realidade, era sucessor direto da arte nova, e que preconizava o uso intenso de materiais de luxo como o marfim, a laca, o bronze, o chagrém e o ébano em elementos que combinavam os estilos Luís XVI e Império, motivos africanos e aztecas, com formas oriundas do Cubismo e da dinastia Sung da arte chinesa.
Arte Fatimida - Diz-se da arte da época do Califado Fatimida, que reinou na África do Norte e no Egito, de 909 a 1171 e fundou a cidade do Cairo, caracterizada pela abundância de nichos, pela decoração figurada, pelo emprego da abóbada de aresta e pelo pórtico diante das mesquitas.
Arte Figurativa - Refere-se à arte que representa figuras da realidade retiradas da nossa experiência, em oposição ao abstrato.
Arte Helenística - Fase final da arte grega, entre cerca 323 e 27 a. C. Não confundir com o período helênico.
Artes decorativas - Diz-se do conjunto das artes ornamentais, ao passo que a arquitectura, a escultura e a pintura são designadas como criativas.

B


Bacanais - Representação de cenas de orgias e embriaguez, temas bastante pintados e esculpidos nos séculos XVI, XVII e XVIII, inspirados em baixos-relevos romanos.  
Bacante - Sacerdotisa que, juntamente com os sátiros, forma o cortejo de Dionísio-Baco, no qual vai dançando freneticamente.
Bachiru - Técnica japonesa de entalhar marfim, na qual a superfície é colorida antes da execução das incisões ou entalhes, de maneira a mostrar o tom pálido original do material.
Badame - Espécie de formão forte, comprido e de lâmina grossa que é usado pelos escultores, especialmente para a execução de contornos difíceis de imprimir na pedra.
Baguete - Peça estreita de madeira aparelhada usada em molduras de desenhos e gravuras.
Baixo-relevo - Escultura que se projeta ligeiramente do fundo e tem o mínimo de relevo dentre todas as esculturas e está no que tange a efeito e intenção, próxima da pintura.
Bambochada, bambochata - Pintura ou desenho de pequeno formato retratando cenas e paisagens triviais, com temas burlescos, e que eram as preferidas dos artistas holandeses e flamengos em atividade na Itália no século XVII. O termo deriva do apelido do pintor holandês Pieter Van Laer, Il Bamboccio, que lá divulgou este gênero, considerado vulgar, naquela época, em comparação com temas de maior nobreza, como os históricos.
Banal - Designação aplicada a uma composição artística à qual falta originalidade, parecendo as figuras decalcadas de obras conhecidas.
Banbryols - Associação pioneira da Abstração Lírica européia, fundada em Paris no final da década de 1940, reunindo os pintores António Bandeira, Camille Bryen e Wols, pseudônimo de Wolfgang Schultze. De vida efêmera, devida ao suicídio deste, o grupo realizou apenas uma exposição, em 1949, na Galerie des Deux-Iles, em Paris.
Banda lombarda - Nas construções românicas, pequena arcada cega composta por duas bandas verticais ligadas por um arco.
Banho - Processo de imersão de uma obra ou peça num líquido, para revestimento, humedecimento ou decapagem.
Banho - Camada de tinta aplicada sobre a preparação de uma pintura.
Banquete - Tipo de natureza morta em que a mesa apresenta toalha de linho, baixela de ouro ou prata, iguarias, jarra e copos de vinho.
Barbotina - Pasta de argila que se obtém misturando greda com água e que é empregada em cerâmica, aplicada às peças com pincel ou por meio de molde, para obter decorações em relevo.
Barochetto - Estilo associado com Nápoles na primeira metade do século XVIII, que fazia uso não ortodoxo das formas, num espírito decorativo, muitas vezes frívolo, encontrado no trabalho dos arquitetos Nauclerio, Vaccano e particularmente em Sanfelice, com os seus engenhosos desenhos de escadas. O termo é também aplicado a um estilo de mobiliário decorado, de data e procedência similares.
Bastidor - Armação de ripas de madeira ou varetas metálicas onde se tende e se fixa a tela a ser pintada
Bateau-Lavoir - Casa do bairro parisiense de Montmartre utilizada como estúdios-vivenda por numerosos artistas, entre os quais o holandês nacionalizado francês Kees Van Dongen, Pablo Picasso, Matisse, etc.
Bijinga - Estilo de arte japonesa, caracterizado pelas pinturas de belas mulheres.
Bristol - Determinada qualidade de papel de desenho.
Busto - Representação plástica da cabeça e parte do tronco da figura humana.

C
  
Caricatura - Exagero na representação de traços ou características de determinada personagem, com o objetivo de satirizar ou ridicularizar.
Campos de Cor - Termos cunhados na década de 1950 para descrever as obras dos expressionistas abstratos, cujas telas costumavam usar grandes blocos de cores vivas.
Carvão - Desenho feito a lápis de carvão sobre tela ou papel.
Chiaroscuro - Técnica que utiliza contraste entre luz e sombra. O termo também é usado para se definir o efeito causado por essa técnica.
Claro-escuro - Distribuição adequada das luzes e sombras num quadro.
Composição - Distribuição dos diferentes elementos do quadro (ritmos lineares do desenho, distribuição de formas e massas e efeitos de luzes e sombras), com a finalidade de conseguir o efeito que se pretende. Muito embora os grandes artistas tenham chegado a elas de forma intuitiva, o certo é que a composição de um quadro se rege por normas bem definidas e desde há muito estudadas pelos especialistas.
Construtivismo - Movimento anti-naturalista caracterizado por gerar formas segundo uma ordem matemática, propondo uma arte abstrata, geométrica e autónoma. Evidencía uma ruptura total com a tradição da representação da realidade. Poder-se-à afirmar que o Construtivismo constitui-se em tendência permanente e universal na Arte.
Cores frias - As cores frias diminuem a circulação do observador, causando uma ligeira queda na temperatura do corpo. O azul é a calma, a harmonia, a paz, mas também a tristeza e melancolia. Estas cores tendem para o azul, e as matizes entre o verde, azul e violeta.
Cores quentes - Estas cores estimulam a circulação do observador, causando um ligeiro aumento na temperatura do corpo. o amarelo é uma cor alegre, associada à cor do verão. O vermelho representa o sangue, é vida.
Cromatismo - O colorido de uma obra de pintura.
Cubismo - Movimento artístico do séc. XX, marcando de forma intensa o desenvolvimento da pintura e escultura contemporânea. Surge como reação ao Impressionismo, caracterizando-se por representações de planos geométricos superpostos. Poder-se-á considerar um precursor das diversas formas de arte abstrata.
Custódia - Peça de ourivesaria religiosa.

D

Dada - Movimento artístico do séc. XX (1915 - 1922) cujas mais marcantes manifestações se caracterizam pelo regresso ao espontaneísmo do mundo da infância, cortando abruptamente, através da anti-arte, com os conceitos racionalistas vigentes. Desta corrente ressaltam nomes como M. Ray e F. Picabia.
Dedáltico - Estilo que corresponde à primeira fase da escultura arcaica grega.
Demão - Camada de tinta estendida sobre uma superfície.
Desenho - Representação, por intermédio de linhas e traços, sobre uma determinada superfície.
Diagrama - Desenho arquitetônico sem escala, que tem por fim a representação gráfica das relações a que deve estar sujeito o seu planejamento.
Diletante - Designação, depreciativa, de um indivíduo que exerce determinada atividade artística sem ter conhecimentos relativos à mesma.
Díptico - Quadro formado por duas tábuas ligadas mediante dobradiças, que se fecham como um livro.
Discóbulo - Representação do atleta lançador do disco.
Dripping - Técnica de pintura que se caracteriza por deixar cair pingos de tinta sobre uma tela.

E

Eglomização - Técnica de pintura sobre vidro espelhado.
Elefantina - Peça artística lavrada em marfim.
Empastar - Aplicar quantidade suficiente de tinta sobre a superfície, de modo a cobrir o esboço traçado sobre ela.
Ep-art - Abreviatura da expressão inglesa "epidermal art", que diz respeito às práticas artísticas que consistem na pintura do corpo humano.
Esbatimento - Efeito usado na pintura, que consiste na sombra que um corpo faz sobre o outro.
Esboço - Projeto inicial de qualquer obra artística em que, normalmente, estão ausentes os pormenores.
Escala - Representação em termos proporcionais relativa às dimensões originais.
Escola - Conjunto de características técnicas comuns a obras produzidas por seguidores de um determinado mestre. Utiliza-se também a designação para referir as obras produzidas numa determinada região (país) com características comuns.
Escola de Barbizon - Escola francesa de paisagistas que deve seu nome à localidade de Barbizon, na floresta de Fontainebleau, onde viveu, em meados do século XIX, um grupo de pintores que retractavam temas rurais e despretensiosos, como o cenário da floresta local e a vida dos camponeses. Esta escolha de temas, a liberdade com que utilizaram as tintas e a captação das condições atmosféricas colocam-nos entre os precursores do Impressionismo. Eram pintores desta Escola Theodore Rousseau, Millet, Dupré, Doubigny e Díaz de la Peña.
Escorço - Representação de um corpo ou figura num espaço menor do que corresponderia a sua dimensão.
Escultura - Arte de criação de formas tridimensionais, em relevo, a partir da utilização de diversas técnicas.
Esfinge - Ser mitológico com cabeça humana e corpo de leão.
Esmalte - Substância vítrea, normalmente transparente, aplicada numa superfície cerâmica, e que solidifica após fusão.
Espátula - Faca em forma de paleta. O pintor utiliza-a para aplicar a cor diretamente sobre a superfície do quadro, substituindo o pincel.
Esquisso - Pequeno esboço simples.
Estilização - Representação convencional da forma de um objeto, de modo a que destaquem exclusivamente seus aspectos mais característicos.
Estátua - Escultura representativa de uma figura inteira.
Estatueta - Estátua de reduzidas dimensões, que em termos de escala é inferior a metade do tamanho natural.
Estilo - Característica especial dos trabalhos de um artista de um gênero ou época, prática.
Estuque - Pasta de cal e pó de mármore que se aplica nas paredes como estuque, podendo ser modelada e pintada.
Exposição - Mostra de obras de arte, que pode ser permanente como é o caso das seleções dos museus, ou temporária referente a mostras delimitadas por tempo determinado.

F

Família - Obras do mesmo estilo com características idênticas.
Fauvismo - Nome dado à tendência estética, na pintura, que explorou ao máximo a expressividade das cores na representação pictórica. A origem remonta ao final do séc. XIX, com precursores como Paul Gauguin e Vincent Van Gogh.
Figurativo - O oposto de abstrato. Aplica-se à representação de seres e objetos.
Formalismo - Opção pelos esquemas formais relativamente aos expressivos.
Frottage - Técnica de pintura baseada na obtenção de imagens, por fricção de um lápis ou carvão, num papel aplicado numa superfície rugosa.
Fumage - Técnica de pintura, usada pelos surrealistas, que utiliza efeitos de manchas de fumo (deixadas por uma vela), mais ou menos aleatórios, sobre superfícies coloridas anteriormente.
Futurismo - Movimento artístico e literário iniciado pelo escritor italiano Filippo Tomaso Marinetti e que se baseia numa concepção exacerbada da dinâmica da vida, toda voltada para o futuro. A forma e a cor não eram suficientes para representar o dinamismo moderno, como se lê no manifesto de 1910. Os artistas futuristas deparavam-se com o sério problema de representar a velocidade em objetos parados. Era frequente a representação de seres humanos ou animais com múltiplos membros. O futurismo chega ao fim com a guerra de 1914 e consequente morte de alguns artistas, como é o caso de Boccioni.

G

Galeria - Sala comprida com distribuição de luz apropriada, onde se expõem obras de arte.
Gênero - Espécie ou categoria em que são classificadas as obras, por temas. Por exemplo, retratos, paisagens, natureza morta, etc.
Geometricismo - Movimento artístico criado pelo pintor muralista Marcos Andruchak. O geometricismo (geométrico+ismo) consiste da utilização gráfica de aproximações metodológicas da geometria para a construção estilizada dos desenhos e formas na pintura. A nomenclatura identifica uma estrutura inspirada no cubismo, mas dotada de elementos particulares que a definem. Sua característica principal está focada em linhas geometrizadas e controladas, formando traços onde curvas e retas tendem à exatidão e equilíbrio matemático a partir de uma avaliação apenas visual em seu desenvolvimento.
Geométrico - Estilo característico da primeira fase da arte grega, e que se encontra representado na pintura de vasos com motivos geométricos.
Godê - Recipiente usado pelos pintores onde é colocada a aquarela ou tinta da china.
Gótico - O estilo gótico refere-se a um determinado período que se inicia com uma revolução arquitetônico, o qual durou do séc. XII ao séc. XVI. A este período que prevaleceu na Europa, principalmente nos países nórdicos, pode ser considerado o ponto culminante da Idade Média, a época de desenvolvimento da escolástica de S. Tomás de Aquino e do aparecimento das universidades. Além de se tornar visível na escultura, o estilo gótico pode observar-se também nos vitrais coloridos, nas pinturas e nas ilustrações de manuscritos.
Gradação - Variação gradual no tratamento das cores a partir da mistura com as primárias, o preto e o branco. A mistura gradativa das cores forma novas cores pela variação de intensidade e tonalidade.
Grattage - Técnica de pintura utilizada por alguns pintores surrealistas, que se caracteriza por colocar cores ao acaso sobre um determinado suporte, normalmente uma prancha de madeira, que depois de secas, são raspadas criando, assim, efeitos diversos.
Gravura - Arte de formar imagens pela aplicação de incisões em superfícies duras, como madeira ou pedra. Utilizam-se, ainda, meios químicos no processo de fixação de imagens ou letras. O termo tanto pode designar as imagens nas placas quanto as estampas resultantes do processo, realizadas a partir dessas placas em contacto com outros materiais como o papel, por exemplo.
Grifo - Animal fabuloso com corpo de leão alado e cabeça de águia.
Guache - Processo de pintura que utiliza pigmentos agregados a um aglutinante, de que resultam cores opacas.

H

Hard-Edge Painting - Pintura com contorno marcado. A pintura Hard Edge usa formas simples e contornos rígidos que separam as manchas cromáticas.
Harmonia - Acordo entre todas as partes de uma determinada obra de arte.
Heráldica - Arte ou ciência dos brasões ou armaria.
Hiper-realismo (ou Foto-realismo) - Tendências surgidas a partir dos anos 60 nos EUA, mas com maior expressão nos anos 70, em que as obras representadas mostram uma forma de retratar a realidade com uma fidelidade fotográfica. Resultam deste trabalho, pinturas que se confundem com fotografias e esculturas que se confundem com pessoas. No Foto-realismo é a fotografia em si que constitui a realidade e é sobre ela que os pintores realizam os seus quadros, através da projeção de slides sobre a tela ou transferindo-a por meios mecânicos.

I

Ícone - Designação para as representações de Cristo, da Virgem e dos santos nas igrejas orientais, principalmente nas de tradição bizantina.
Iconografia - trabalho consagrado ao estudo e descrição explicativa de um conjunto de imagens sobre um objeto ou determinado personagem.
Iconologia - Estudo, análise e explicação das imagens, estátuas ou monumentos antigos e dos seus atributos.
Informalismo - Tendência artística surgida em meados dos anos 90, que repudia as formas tradicionais em contraponto com a expressividade dos materiais aplicados. Em muitas destas obras constata-se a presença de determinados signos e manchas aos qual o artista não deu qualquer significado quando os criou, mas o espectador pode dotá-los de significados vários ao contemplá-los.
Intimismo - Movimento nascido nos finais do séc. XIX para contrariar a tendência artística romântica, essencialmente francesa. O termo intimismo, em pintura, vem associado a dei Nabis, um grupo de artistas franceses que se inspiraram no simbolismo. Os principais representantes desta corrente foram Bonnard, Valloton e Sérusier.
Impressionismo - Movimento que reuniu entre 1874 e 1896, em oito exposições coletivas, um conjunto de artistas (Monet, Degas, Renoir, Cézanne entre outros) que têm como característica comum romperem com a corrente acadêmica do séc. XIX. O termo parte do rótulo colocado ao trabalho deste grupo de artistas (nomeadamente a um quadro de Monet intitulado "Impression, soleil levant") que, de acordo com os críticos da época, acreditavam na impressão do momento como algo tão importante que se bastava por si mesmo, dispensando as técnicas tradicionais.
Isocromia - Harmonia obtida numa composição através do uso de cores diferentes, mas que implicam uma na outra.
Irmandade pré-rafaelita - Grupo de sete alunos da Royal Academy, em Londres, que decidiram mudar a fórmula artística convencional criando obras com um estilo parecido com o usado antes de Rafael. A irmandade existiu de 1848 a 1853, mas deu origem ao movimento pré-rafaelita, muito mais duradouro.

J

Jesuítico - Estilo arquitetônico que se define principalmente pela presença das composições mais moderadas, regulares e frias, ainda imbuídas do espírito severo da Arte Barroca, presentes nas igrejas da Companhia, a que não é alheio o nome que emprestou ao estilo.
Junk-art - Arte tridimensional, emergente nos anos 60 a partir do Novo Realismo, em que as obras, essencialmente esculturas de grandes dimensões, são criadas a partir de materiais usados como metal, vidro ou madeira.

K

Kitsch - Manifestação estética de valor inferior, de mau gosto, que explora estereótipos sentimentalistas, geralmente associadas ao gosto popular.
Koré - Termo usado para as estátuas femininas do período arcaico grego.
Kouros - Estátua grega do período arcaico representando um jovem nu, em que a postura é ereta, a simetria rigorosa e o peso estão equitativamente distribuído nas pernas. A atitude, rígida e formal, é conhecida por hierática. De notar, ainda, o leve sorriso ("sorriso arcaico").

L

Limners - Nome dado aos retratistas amadores americanos, dos séculos XVII a XIX, caracterizados pelo tom naïf das suas composições.
Linóleo - Técnica de reprodução ou gravura em relevo, obtida através de entalhes e recortes no linóleo que funciona como matriz.
Litografia - Técnica de reprodução gráfica, utilizada frequentemente para a multiplicação de obras de arte, que consiste em desenhar com um lápis gorduroso sobre uma placa de pedra preparada, que serve de matriz para a estampagem de cópias em papel.
Luso-mourisco - Tendência arquitetônica do Gótico português que aceitou influências de elementos árabes.
Luz - Ponto desde o qual o artista ilumina a cena ou os objetos que pinta.

M

Madona - Representação da Virgem com o Menino.
Mancha - Estudo ou esboço feito pelo pintor, já utilizando as cores, para distribuir a luz num quadro.
Maneirismo - Designação das manifestações artísticas desde 1520, momento em que se inicia a crise do renascimento, até o início do século XVII. Este período foi marcado por uma série de mudanças na Europa, que afirmam a consolidação do absolutismo em diversos países. O termo Maneirismo foi utilizado por Giorgio Vasari para designar a "maneira" de cada artista trabalhar.
Na arquitectura, o maneirismo dá prioridade à construção de igrejas de plano longitudinal, com espaços mais longos do que largos.
A escultura maneirista caracteriza-se por um novo conceito intelectual da arte pela arte e o distanciamento da realidade, seguindo o caminho traçado por Michelangelo.
É na pintura que este estilo se manifesta em primeiro lugar. Uma estética inteiramente original, distanciada dos cânones clássicos renascentistas. O pintor El Greco merece particular destaque, já que, partindo de pressupostos característicos do maneirismo, desenvolve-os com algumas particularidades pessoais que acabam por torná-lo, curiosamente, num precursor da arte moderna.
Manuelino (estilo) - Período correspondente à arte portuguesa desenvolvida entre os finais do séc. XV e a primeira metade do séc. XVI, que se caracterizou essencialmente pela justaposição de elementos do gótico tardio, novos modelos renascentistas e ainda elementos da arte da Europa setentrional.
Marchand - Comerciante de obras de arte que estabelece com o artista uma relação comercial na qual se encarrega da promoção, difusão e venda da obra que este realiza.
Matiz - Termo que refere as graduações que uma cor pode receber, sem perder o nome distintivo das outras.
Matizar - Dar a uma determinada cor uma cambiante que a diferencia da cor pura original.
Mecenas - Pessoa que com seu patrocínio possibilita ao artista consagrar-se na realização da sua obra.
Minimalismo - Movimento artístico, surgido como resposta à action painting da década de 50 nos Estados Unidos, que se caracteriza pela extrema simplicidade de formas e pela abordagem literal e objetiva dos temas.
Modelo - Objeto destinado a ser reproduzido pelo artista.
Modelo vivo - Pessoa que posa para o artista.
Monocromia - Pintura feita com uma única cor, com variação de tonalidades.
Movimento - Composição criada de forma a dirigir, de acordo com o desígnio do artista, a atenção de quem contempla, ordenadamente, de um ponto a outro da superfície pintada.
Mural - Pintura cujo suporte é um muro ou parede devidamente preparado para recebê-la.
Museu - Local onde são expostos de modo permanente objetos e coleções de arte.

N

Nabis - Grupo parisiense de artistas e ilustradores cujo aspecto decorativo era a tônica de sua arte. Desiludidos com Paris e com o impressionismo, os nabis admiravam Gauguin e a arte japonesa e adotaram muitos aspectos do misticismo oriental. Nomes como Bonnard e Vuillard figuram como os mais reconhecidos representantes deste grupo.
Naïf - O adjetivo naïf designa o gênero de pintura surgido a partir dos finais do séc. XIX, também chamado de ingênuo ou primitivo. Caracteriza-se, essencialmente, pelos efeitos idealizados e ingênuos das cenas do quotidiano, utilizando normalmente cores brilhantes e um desenho minucioso.
Natureza Morta - Quadro que representa seres inanimados.
Neoático - Estilo artístico da antiga Atenas surgido no séc. I a.C., que apresenta uma preocupação pela forma humana, ressaltando assuntos da mitologia e da epopeia.
Neoárabe - Estilo revivalista surgido no séc. XIX, que se caracteriza por uma arquitetura de gosto oriental.
Neobarroco - Termo usado no campo da reflexão estética, para designar o revivalismo que deu lugar à reação romântica ao neoclassicismo.
Neoclássico - Estilo predominante na pintura, na escultura e na arquitectura européias dos finais do séc. XVIII até meados do séc. XIX. O neoclassicismo surge como reação ao barroco e ao rococó, e inspira-se em formas artísticas e arquitetônicas da antiguidade grega e romana.
Nimbo - Auréola, pintada ou esculpida, que envolve a cabeça de Cristo, da Virgem e dos santos nas representações devotas.

O

Obra-prima - A melhor obra de um artista.
Ogiva - Forma característica das abóbadas góticas.
Óleo - Técnica de pintura desenvolvida a partir do séc. XV, que utiliza cores resultantes de pigmentos aglutinados a certos óleos, tais como os de linhaça, noz, cravo, etc., sendo também empregues outros óleos dissolventes e secantes. O suporte original e mais adequado é a madeira, sendo posteriormente usado sobre tela.
Op Art - Abreviatura de Optical Art, expressão inglesa que designa um movimento artístico iniciado na Europa e logo propagado aos Estados Unidos no início da década de 1960. Esta movimento opõe-se à harmonia estática da arte contemporânea tradicional, pretendendo de forma inversa atingir certo dinamismo que depende, muitas vezes, de estímulos visuais.
Orfismo - Movimento que se desenvolveu a partir do cubismo, sendo uma das suas personalidades-chave o pintor Robert Delaunay.
Organicismo - Corrente arquitetônico do séc. XX, inspirada nas teses de Frank Lloyd Wright, que se caracteriza, essencialmente, pela integração no ambiente natural, pela harmonização com a paisagem envolvente, através da horizontalidade e da volumetria das construções e pela utilização expressiva de matérias-primas, nomeadamente, a pedra, madeiras e outros materiais característicos da região.
Ornato - Elemento com função decorativa. Adorno.

P

Padrão - Monumento monolítico que celebra algo.
Painel - Suporte rígido usado para pintura de média ou grande dimensão.
Paisagem - Quadro em que o tema principal é a representação de lugares campestres.
Paisagista - Pintor especializado em paisagens.
Paixão - Obra pictórica em que o motivo central é o sofrimento de Cristo entre a Última Ceia e a Crucificação.
Paleocristã - Arte dos primeiros cristãos, entre meados do século II e o século VI.
Paleta - Peça de madeira fina, com formato elíptico ou retangular, em que numa das extremidades existe um orifício para introduzir o polegar, usada pelos pintores para colocar tintas e misturar cores.
Papel Japão - Qualidade de papel adequada para a pintura a aquarela.
Perfil - Contorno de uma figura, representado convencionalmente por uma linha ou sucessão de linhas que o delimitam.
Perspectiva - Representação convencional de objetos ou realidades tridimensionais sobre uma superfície, de forma a conseguir dar a ilusão de espessura e profundidade.
Pigmento - Agente colorizante insolúvel.
Pintura - Atividade artística que consiste na aplicação de pigmentos coloridos num suporte bidimensional.
Policromia - Utilização de várias cores na execução de um trabalho artístico.
Pontilismo - Movimento pictórico, pós-impressionista, surgido em França em meados da década de 1880, como reação aos próprios impressionistas e à pintura oficial. Caracteriza-se pela decomposição dos diversos tons mediante minúsculas pinceladas nitidamente separadas, mesmo a olho nu.
Pop Art - Estilo artístico, surgido a partir do final dos anos 50 na Inglaterra e Estados Unidos, caracterizado pelo reprocessamento de imagens populares e de consumo. O nome mais notado desta corrente é o de Andy Warhol.

Q

Quadratura - Pintura a fresco de molduras e ornamentos.
Quadrifólio - Ornamento constituído por formas que se assemelham a um trevo de quatro folhas inserido num quadrado.
Quadriga - Escultura representando o carro romano de duas rodas, puxado por quatro cavalos emparelhados, no qual os conquistadores entravam nas cidades, e que é usada para coroar arcos de triunfo e outros monumentos.
Quimera - Animal fantástico composto com partes de diferentes animais.

R

Realismo - Movimento artístico e cultural que se desenvolveu na segunda metade do século XIX, tendo como característica principal a abordagem de temas sociais e um tratamento objetivo da realidade do ser humano, onde as obras retratavam cenas do quotidiano das camadas mais desfavorecidas da sociedade. O sentimento de tristeza é expresso, claramente, através das cores fortes. O seu principal dinamizador foi o francês Gustave Coubert.
Regência - Estilo artístico de transição entre o Barroco e o Rococó. O nome deve-se à regência, em França, de Filipe de Orléans. Em Inglaterra, corresponde ao tempo de regência de Jorge IV, marcado pela transição entre o Neoclassicismo e o estilo Império.
Renascimento - Poderoso movimento artístico e literário que surgiu na Itália dos séculos XV e XVI, caracterizado pela recuperação de elementos e motivos da antiguidade clássica, irradiando depois para a Europa, promovendo em toda parte um forte incremento das artes e um novo enfoque da política.
Restauro - Conjunto de processos levados a cabo para preservar e valorizar uma obra artística.
Retábulo - Uma parede ou tela que fica atrás do altar ou da mesa de comunhão e que foi entalhado ou pintado.
Rococó - Estilo artístico que surgiu em França como desdobramento do barroco, mais leve que aquele e usado inicialmente nas artes decorativas. Desenvolveu-se na Europa do século XVIII, e da arquitectura disseminou-se para todas as artes. Pujante até o advento da reação neoclássica, por volta de 1770, difundiu-se principalmente na parte católica da Alemanha, na Prússia e em Portugal.
Românico - Estilo arquitetônico presente na Europa nos séculos XI e XII. Foi nas igrejas que o estilo românico se desenvolveu em toda a sua plenitude. O teto em abóbada e, principalmente, o arco pleno, apoiado em colunas, são as suas principais características. O estilo românico sintetiza a alma dos homens que o criaram. Por um lado, reflete o medo que dominava as populações da Europa ocidental; por outro, exprime o profundo sentimento religioso que marcou esse período.
Romantismo - Movimento artístico que se estende dos finais do séc. XVIII até ao início do séc. XIX, caracterizado pela reação contra o classicismo acadêmico vigente até então.
Rugosidade - Textura irregular da tela que possibilita a aderência da tinta.

S

Secante - Produto químico adicionado às tintas para acelerar a secagem.
Silhueta - Pintura plana do perfil de uma figura ou objeto.
Simbolismo - Movimento que se desenvolve nas artes plásticas, na literatura e no teatro, surge em França no fim do século XIX e rapidamente se espalha pela Europa e pelo mundo. Caracterizam-se pelo apelo ao subjetivismo, individualismo e misticismo. Rejeita a abordagem da realidade e a valorização do social feita pelo realismo e pelo naturalismo. O artista mais significativo é o francês Paul Gauguin.
Sinagoga - Templo judaico, geralmente orientado a leste.
Sincronismo - Movimento iniciado por Russel e Mac Donald-Wright em 1913, dois americanos residentes em Paris, que tinha como principal mote o arranjo harmonioso das cores. Possui muitos pontos em comum com o Orfismo e, tal como este, tem as suas origens no Cubismo.
Sistema de Munsell - Atlas de classificação desenvolvido em 1915 por Albert F. Munsell, ordenando tons de acordo com tarefas quantitativas de matiz, valor e saturação.
Sombra - Mancha cromática que numa pintura representa um espaço não iluminado.
Surrealismo - Surgido em França na década de 1920, este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Freud. O movimento artístico trabalha com a distorção e justaposição de imagens conhecidas. As telas saem com formas curvas, linhas fluidas e com muitas cores. São nomes importantes deste movimento o de Salvador Dalí, Joan Miró e Max Ernst.
Sfumato - Da palavra italiana para “esfumaçado”. Técnica de pintura na qual as cores se misturam com tanta destreza que parecem se suceder aos poucos, sem criar contornos ou traços claros.

T

Tabernáculo - Parte do altar, com forma de um pequeno templo, que constitui um sacrário.
Tábua - Designação dada a uma pintura feita sobre suporte de madeira.
Tachismo - Termo derivado da palavra francesa tache, que significa mancha, e que é usado para designar uma corrente de pintura expressionista abstracta surgida na década de 50, influenciada pelo Surrealismo automático.
Talha - Escultura feita em madeira.
Têmpera - Técnica de pintura produzida a partir da mistura de pigmento espessantes como gema de ovo.
Tinta - Líquido para pintar ou tingir.
Tudor - Estilo arquitetônico, séc. XV e XVI, cujo nome deve à Dinastia Tudor reinante em Inglaterra, tem ascendência no estilo medieval inglês. Os telhados de grande declive com largas chaminés e as vigas de carvalho escuro nas fachadas brancas das casas, bem como a utilização do arco tudor são as características principais deste estilo austero.

U


Ukiyo-e - Pintura de costumes japonesa, dos séculos XVII e XVIII, que retrata cenas da vida de cortesãs e atores.
Unicórnio - Animal fabuloso representado como um cavalo branco com um chifre no meio da testa. Na arte da Europa medieval tinha a conotação de pureza e virgindade.
Utrecht - Escola formada por um grupo de pintores, liderado por Gerrit van Honthorst, Hendrick Terbrugghen e Dirck van Baburen, que se estabeleceu em Utrecht, Holanda, por volta de 1620, depois de permanecerem alguns anos em Roma, quando foram profundamente influenciados pela arte de Caravaggio.

V


Valete de ouros - Nome atribuído a um grupo de artistas moscovitas, como é o caso de Malevitch, Goncharova e Larionov, entre outros, que fez sua primeira exposição em 1910, tornando-se um elemento propulsor do Futurismo naquele país.
Vanguarda - Termo genérico para a arte que está à frente de seu tempo e que é geralmente considerada inaceitável pelos padrões da época. O movimento de vanguarda começou aproximadamente em 1860 e pode-se dizer que terminou em c.1970.
Vânitas - Forma de natureza morta muito frequente no século XVII, na qual são representados objetos simbólicos da mortalidade humana, como caveiras, livros ou velas.
Veduta - Termo italiano que significa vista, e que serve para denominar um desenho ou pintura que retrata a vista real de uma cidade ou um determinado lugar.
Verismo - Conceito segundo o qual o propósito do artista é reproduzir objetivamente a aparência externa de figuras e objetos. Também se aplica o termo ao movimento anti-expressionista, radical, que surgiu na pintura alemã na década de 1920.
Viga - Elemento horizontal, que pode ser de madeira, betão ou aço, utilizado para unir os topos dos muros de um edifício.
Vitral - Composição decorativa, formada por um conjunto de vidros unidos por filetes de metal, cujo efeito deriva, essencialmente, da transparência à luz. Tal como o vidro, o vitral tem origem no Oriente, tendo florescido na Europa durante a idade média. Eram usados nas igrejas e catedrais para dar imponência e mais espiritualidade, pelo efeito da luz através das imagens dos santos e outros elementos religiosos.
Vorticismo - Grupo de vanguarda inglês fundado em 1914 por Percy Wyndham Lewis (1882-1957). Influenciado pelo cubismo, pela mecanização e pelo realismo. Movimento muito efêmero que terminou com a eclosão da Primeira Guerra Mundial.

W


Weicher Stil - Estilo suave, expressão alemã aplicada particularmente à escultura do Gótico Internacional alemão.
Westwerk - Corpo ocidental perpendicular ao eixo das naves, rematado por duas torres, que teve origem na arquitectura carolíngia e persistiu em muitas igrejas do Românico alemão.

X

Xadrez - Decoração feita com alternância de quadrados, que podem ser pintados, em relevo ou embutidos, semelhantes a um tabuleiro de xadrez.
Xilogravura - Processo de gravura feita a partir de matrizes de madeira.
Xoano, xoanon - Escultura grega da época arcaica, com forma semelhante à do tronco de árvore onde era lavrados, sendo característicos os braços rígidos e sempre colados ao corpo.

Y


Yaksha - Na crença indiana reflete o espírito masculino da natureza, cuja imagem, esculpida, era presença frequente nos templos.
Yakshi - Espírito feminino da natureza, cuja imagem era colocada à entrada de lugares sagrados indianos.
Yamato-e - Pintura do Japão. Estilo pictórico naturalista e narrativo iniciado no século X.
Yoko-ye - Tipo de gravura japonesa.

Z


Zebra - Grupo de pintores formado em Hamburgo, na década de 1960, do qual constam nomes como Dieter Asmus, Peter Nagel, Nikolaus Störtenbecker e Dietmar Ullrich, que se opuseram à pintura informal predominante, tornando-se mais importantes representantes do chamado hiper-realismo fotográfico.
Ziguezague - Ornamento formado por ângulos quebrados, alternadamente salientes e reentrantes.
Zincogravura - Gravura que é feita utilizando uma matriz de chapa de zinco.
Zoomorfo - Designação aplicada aos signos do Zodíaco. O termo é também usado para descrever motivos estilizados baseados em formas animais.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ATELIÊ VIVO - O cotidiano amapaense nas cores da POP ART TUCUJU

ATELIÊ VIVO